Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

 

 

Sob fortes medidas de segurança, o 44º presidente eleito dos EUA, Barack Obama, toma hoje posse em Washington frente a cerca de dois milhões de pessoas. Estará Obama preparado para corresponder às expectativas criadas à sua volta? Só o tempo o dirá. 

 

Mas o que tem Barack Obama a ver com café? Nada, e é exactamente por isso que decidi acrescentar este post. Calma, eu explico. O jornal britânico “The Daily Telegraph” publicou uma lista com 50 factos curiosos sobre Obama. Além de revelar quais os filmes, livros e artistas preferidos do mais recente inquilino da Casa Branca, a lista refere ainda que Obama não toma café e que raramente bebe álcool. 

 

Então Obama não bebe café!? Para mim esta notícia caiu que nem uma bomba fazendo-me temer pelo futuro. Como conseguirá Obama ter o discernimento necessário para, durante aquelas reuniões importantíssimas (iguais às que vemos nos filmes), tomar todas as decisões que supostamente irão resolver os problemas da crise financeira mundial, da violência no Médio Oriente e da escolha de uma cão para as suas filhas? Sem café não é possível! Ainda nos arriscamos a ver mísseis a voar por todo o lado ou, pior ainda, a ter um gato siamês ou mesmo um periquito na Casa Branca. São coisas que teremos de evitar a todo o custo e, para isso, Obama terá de aprender a gostar de café. A solução passaria talvez por abrir uma franquia da Brasileira ou do Majestic em Washington com serviço de entrega ao domicílio. Sim, porque não basta beber café, é preciso que este seja bem tirado, daqueles que deixariam os beiços do homem mais poderoso do mundo cheios de creme. Só assim poderá ainda existir uma réstia de esperança no futuro.
No entanto (ou meanwhile como se diz em inglês), enquanto o sr. Obama não se decide a beber café, penso que todos nós poderemos dar-lhe uma ajuda. Sugiro então que, doravante, sempre que estejamos prestes a tomar o nosso precioso café (seja uma bica ou cimbalino), pensemos um pouco no discurso e nas promessas de Obama, no fim da guerra e da crise, num mundo com menos poluição, sem racismo, onde a tolerância e a paz possam existir entre os povos e onde os nossos filhos possam viver como irmãos. Talvez assim, com este pequeno momento de reflexão durante o café, consigamos alterar um pouquinho o nosso comportamento e tomarmos nas nossas mãos o desafio de construir o tal “mundo melhor”  que  todos  desejamos  mas  que  pouco  fazemos para  alcançar.  Será  que  conseguimos? I believe we can!

 



publicado por Paulo Rodrigues às 11:19 | link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Pinto Leite a 27 de Janeiro de 2009 às 18:30
Olá

Já estou a tomar um cafezinho e aproveito para lembrar que o expresso já tem a companhiia do sol ao fim-de-semana.
Só isso, ok?
De resto, cheira aqui bem.

Pinto Leite


De maquinas de café a 3 de Dezembro de 2010 às 23:28
Sai um café para barack


Comentar post

Proprietário: Paulo Rodrigues
mais sobre mim
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Horário
Visitantes
Meteorologia
Weather Forecast | Weather Maps
Fase Lunar
Rádio
Tags

a brasileira do chiado

adriano telles

apresentação

barack obama

bica

brasil

café

café filho

citações

espresso

expresso

kaldi

lenda

personalidades

presidente

todas as tags

arquivos
Diversão
blogs SAPO
RSS